Atendimento online Clique no ícone abaixo para iniciar.
Está com dúvidas?
Entre em contato via chat
  1. Home
  2. Saúde

Técnicas de Aplicação do laser e do LED

2 estrela não preenchida 3 estrela não preenchida 4 estrela não preenchida 5 estrela não preenchida 6 estrela não preenchida
person iconAlunos: 50
person iconCarga Horária: 8h

A Fototerapia é o nome que se dá para todo tipo de tratamento estético que apresenta propriedade física e interação com o tecido biológico e que tenha relação direta com emissão de energia de irradiação eletromagnética de uma determinada luz e seu comprimento de onda, como a laserterapia e os LEDs. 
A irradiação eletromagnética está no nosso dia a dia mais do que imaginamos. A internet, por exemplo, e todas as redes de comunicações do planeta em que vivemos dependem exclusivamente desse tipo de irradiação. Os sinais que o homem capta do espaço, como sinais de luz, de rádio, infravermelho, ultravioleta e raios X advêm da irradiação eletromagnética popularmente chamada de luz (Trajano, 2013). 
O laser não é uma irradiação eletromagnética especial, mas uma forma especial de gerar irradiação eletromagnética. Segundo Machado (2014), a palavra laser significa Light Amplification by Stimulated Emission of Radiation, que, em tradução livre, significa “Amplificação de Luz por Emissão Estimulada de Radiação”. 
As propriedades do laser estão intimamente ligadas ao comprimento de onda específico de cada laser, que pode ser de alta potência (laser cirúrgico), laser de média potência (laser e luz intensa pulsada, LIP) e laser de baixa potência (laser e LED). Na área da estética, o laser de baixa potência é chamado de laser terapêutico e não produz um efeito térmico ablativo. Segundo Agne (2014), suas reações são voltadas para a fotobioestimulação das células.  


Compartilhe esse curso:
70% de desconto
R$ 100,00
R$ 29,90